Estudos de Oxford indicam que vacina da AstraZeneca é eficaz contra variante brasileira

Imagem
A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZenca está sendo administrada no Brasil Resultados preliminares apontam que o imunizante não precisará ser modificado para proteger contra a cepa; pesquisa completa deve ser divulgada ainda em março Dados preliminares de um estudo realizado pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, apontam que a vacina desenvolvida pelo centro de ensino em parceria com a AstraZeneca é eficaz contra a variante brasileira do coronavírus encontrada em Manaus, no Amazonas. A cepa, apelidada de “P.1“, carrega mutações que tornam o vírus mais contagioso e mais resistente aos anticorpos da doença. Os dados indicam que a vacina não precisará ser modificada para se proteger contra a variante, conforme apurou o repórter Rodrigo Viga, da Jovem Pan. Segundo a fonte com conhecimento da pesquisa, que não forneceu dados concretos sobre a eficácia, o estudo completo deve ser divulgado ainda este mês. A reportagem também entrou em contato com a Fundação Os

Matéria-prima para produzir 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio



Uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) suficiente para produzir 12,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19 chegou hoje (27) ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão/Tom Jobim).

O material veio em um avião procedente da China e será encaminhado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ainda hoje.

O produto será processado pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), que produzirá os mais de 12 milhões de doses de vacina AstraZeneca/Oxford.

Esse é o segundo lote de IFA que chega para a Fiocruz. Em 6 de fevereiro, já havia chegado um lote suficiente para produzir 2,8 milhões de doses, que ainda estão sendo processados pela Fiocruz.

Os 15 milhões de doses serão entregues ao Programa Nacional de Imunizações, para serem posteriormente distribuídos para os estados e municípios.

Até junho, a Fiocruz estima receber lotes de IFA suficiente para produzir 100,4 milhões doses de vacina.

Além do IFA, a Fiocruz também recebeu 4 milhões de doses prontas da vacina AstraZeneca/Oxford e deve receber mais 8 milhões nos próximos meses.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estudos de Oxford indicam que vacina da AstraZeneca é eficaz contra variante brasileira

Prefeitura de Juiz de Fora tem nova equipe de governo

Gêmeas se abraçam após parto e fotos emocionam